terça-feira, 30 de junho de 2009

Alberto Caeiro


E há poetas que são artistas
E trabalham nos seus versos
Como um carpinteiro nas tábuas!..

Que triste não saber florir!
Ter de pôr verso sobre verso, como quem constrói um muro
E ver se está bem, e tirar se não está!..
Quando a única casa artística é a terra toda
Que varia e está sempre bem e é sempre a mesma.


Alberto Caeiro, Poemas

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Michael Jackson (1958-2009)

Não podia deixar de prestar a minha homenagem ao Rei do Pop, Michael Jackson.
Amado por muitos, odiado por outros mas uma coisa ninguém lhe pode tirar, a sua imortalização.
Aqui fica uma das minhas favoritas, porque apesar de todas as polémicas, este cantor escrevia e cantava temas com causas...
Adeus Michael, até sempre!



quinta-feira, 25 de junho de 2009

sábado, 13 de junho de 2009

Espectáculo Mariza

Ontem, tive a honra de assistir ao espectáculo de Mariza em Torres Novas.
Já gostava de a ouvir cantar mas, agora fiquei completamente fã.
A sua forma de cantar, de falar com o público, inspira...
Parabéns Mariza!



segunda-feira, 8 de junho de 2009

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Incentivo à leitura na adolescência



Como todos sabemos, a adolescência é uma fase da vida em que tudo são interrogações, certezas e incertezas, medos e desilusões.

Criar hábitos de leitura desde a tenra idade, é meio caminho andado para que, quando chegar à adolescência, seja mais dificil deixar esse "vício".

Acontece que infelizmente, nem sempre isso acontece. Os jovens, na sua grande maioria, passam pela fase em que ler deixa de ter interesse e preferem outras ocupações.

A questão que coloco é, o que fazer perante esta situação? Deixamos os jovens à mercê da leitura, ou procuramos soluções para voltar a implementar esse hábito no seu dia a dia?

Com muita pena minha, ninguém me consegue responder, ou então uns respondem-me dizendo que os jovens a partir dos 12 anos têm todas as capacidades de ler uma boa obra, tal como os Contos de Eça de Queirós,mas todos sabemos que isso ainda é uma minoria e não devemos ocupar as nossas mentes com essa minoria (apenas manter), mas sim com aqueles que não leêm nada.

Outras pessoas, preferem desviar o assunto para o incentivo à leitura nas crianças, nunca conseguindo ajudar aqueles que trabalham diáriamente com jovens entre os 12 e os 16 anos.

Temos um grande caminho a percorrer. Felizmente já se está a fazer bastante, com bons técnicos, mas muitas vezes esses técnicos são os próprios a fechar os olhos a esta faixa etária.

Quanto a mim, acho que não devemos adormecer, mas sim insistir e tentar mudar aquilo que vem a tornar-se um hábito. Temos de ser realistas, as obras que são escolhidas pelos professores como obras de leitura obrigatória, muitas vezes só servem para assustar os jovens, talvez a melhor forma fosse de facto começar por aí.


segunda-feira, 1 de junho de 2009