terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Neste natal


Neste Natal,

as minhas prendas irão ser recheadas de ternura,

cobertas com carinho,

oferecidas com amor.

Não quero perfumes, nem roupa

nem bens valiosos.

Melhor do que isso

é conseguir oferecer paz, comida e carinho

a todos o que o ano inteiro

choram, gritam, sofrem...

Mas acima de tudo,

neste natal,

o meu maior presente será

conseguir transportar para os outros dias do ano

os momentos de solidariedade que se vivem nestes dias,

às vezes de uma forma tão artificial.

2 comentários:

Ana Patudos disse...

Esta é a grande verdade que muitos teimam em ignorar.
Ter a marca x ou y é que é bom...
que vazio, meu Deus...
jitos
fica bem
Ana Patudos

ROSILDO OLIVEIRA disse...

Concordo, cada dia o ARQUIPELAGO cresce, cada dia mais nos separamos, primeiro pela distancia, depois que briga da sobrevivencia e por ultimo, somos EGOISTAS
Rosildo Oliveira